Notícia

DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E TURISMO

Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo
Sexta, 06 Março 2020 16:33
INVESTIMENTO

Desenvolve lança linha de crédito para micro e pequenos empresários do turismo de AL

Recurso, exclusivo para o setor, é oriundo do Fundo Geral do Turismo

Micro e pequenos empresários do Turismo de AL terão acesso a uma linha de crédito exclusiva Micro e pequenos empresários do Turismo de AL terão acesso a uma linha de crédito exclusiva Kaio Fragoso
Texto de Eliete Amâncio

Os micro e pequenos empresários do Turismo de Alagoas poderão, a partir de abril deste ano, ter acesso a uma linha de crédito exclusiva com taxas atrativas e condições de pagamento que permitirão novos investimentos no setor. O lançamento do recurso acontecerá no próximo dia 10, na sede da Agência de Fomento de Alagoas (Desenvolve), no bairro Ponta Verde, em Maceió.

A iniciativa é oriunda do Ministério do Turismo (Mtur), através do Fundo Geral do Turismo (Fungetur), e será concedido pela Desenvolve, que está entre as únicas cinco agências do país habilitadas pelo Governo Federal.

Para estar apto a tomar o recurso, que varia de R$ 15 a 50 mil, o empresário deve estar incluído no Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos (Cadastur), do Ministério do Turismo, e poderá investi-lo em capital de giro, obras de ampliação e modernização e compra de bens.

Entre os empreendimentos que podem receber o financiamento estão meios de hospedagem, agências de turismo, parques temáticos restaurantes, bares e cafeterias, transportadoras de turismo e centros destinados a convenções e feiras.

As taxas de juros serão de 5% a 7%, mais INPC, e terão prazo máximo de 60 meses para pagamento e carência de até 24 meses, dependendo da linha a ser efetivada. Os projetos serão analisados e cada empreendedor pode ter acesso a mais de um recurso com destinações diferentes.

Para o presidente da Desenvolve, José Humberto Mauricio de Lira, essa é uma excelente oportunidade para os empreendedores do segmento investirem em seus negócios e atraírem novos clientes. “Nosso papel, enquanto agência de fomento, é incentivar o empreendedorismo de forma salutar e benéfica, sem comprometer a receita dessas pequenas empresas, fazendo as operações financeiras de maneira, desburocratizada”, disse.

Para o secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Rafael Brito, “com este incentivo, os empresários poderão investir em seus empreendimentos, expandindo suas atividades, e até mesmo consolidando um

capital de giro, que é essencial para o funcionamento célere de um negócio. Esta medida, aliada a bons resultados que estamos conquistando nos últimos anos no setor turístico, continuará fomentando oportunidades para o crescimento destes profissionais com um olhar mais focado para os micro e pequenos e não apenas para os grandes empresários”, frisou.