Notícia

DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E TURISMO

Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo
Quinta, 05 Setembro 2019 18:42
DESBUROCRATIZAÇÃO

Comitê de Competitividade quer acelerar o processo de abertura dos novos negócios em Alagoas

Alinhamento entre os órgãos do conselho faz parte da atuação do Fórum Estadual das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte

O encontro aconteceu na sede da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur), localizada no bairro do Jaraguá O encontro aconteceu na sede da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur), localizada no bairro do Jaraguá Ascom Sedetur
Texto de Beatriz Carvalho

O Comitê de Competitividade do Fórum Estadual das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (FEMPE) realizou, nessa quarta-feira (4), a primeira reunião ordinária entre os membros, com o objetivo de discutir a desburocratização na abertura, encerramento e renovação de novos negócios e potencialidades no cenário de empreendedorismo no estado. O encontro aconteceu na sede da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur), localizada no bairro do Jaraguá.

Retomado pela Sedetur em 2017, o Fórum propõe a parceria com diversos atores do segmento econômico na elaboração de políticas públicas eficientes, e que apresentem resultados expressivos para as demandas dos empresários alagoanos.

“O comitê retoma as atividades para acelerar o processo de abertura dos novos negócios. Precisamos alinhar os serviços disponíveis e aumentar o apoio do poder público e privado, dialogando com o empreendedor para oferecer funções que sejam, de fato, facilitadoras.”, afirmou a Superintendente de Desenvolvimento Regional e Setorial da Sedetur, Gisele Mascarenhas.

Na ocasião, a secretária executiva de Desenvolvimento Econômico e Turismo da Sedetur, Olívia Tenório, destacou a importância da Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios (Redesim).

"Alagoas já foi considerado o melhor estado do país em relação à qualidade do ambiente para desenvolvimento da Redesim. A plataforma concentra os serviços de órgãos públicos, buscando facilitar a abertura de novos negócios. Nesse sentido, simplificar a burocracia e inserir novas funções na plataforma é um grande incentivo para o empreendedorismo”, destacou

O encontro contou, ainda, com a presença dos representantes da Junta Comercial de Alagoas (Juceal), do Movimento Alagoas Competitiva (MAC), Secretaria da Fazenda (Sefaz), Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos de Alagoas (Semarh) e o Instituto do Meio Ambiente de Alagoas (IMA).