Notícia

DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E TURISMO

Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo
Quarta, 10 Julho 2019 16:25
REUNIÃO ORDINÁRIA

Conselho de Política Energética debate novas perspectivas e soluções para o setor em AL

No encontro, foram também nomeados os novos conselheiros que agora irão se unir ao CEPE para acompanhar e planejar a matriz energética do Estado

No encontro, foram também nomeados os novos conselheiros que agora irão se unir ao CEPE para acompanhar e planejar a matriz energética do Estado No encontro, foram também nomeados os novos conselheiros que agora irão se unir ao CEPE para acompanhar e planejar a matriz energética do Estado Kaio Fragoso
Texto de Rafaela Pimentel

Os diferentes tipos, funcionalidades e eficiência da cadeia energética têm pautado os debates mais estratégicos voltados para o desenvolvimento das políticas públicas de um Estado. Em Alagoas não tem sido diferente. Nesta terça-feira (09), o Conselho de Política Energética (CEPE), coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur), seguiu com sua agenda de reuniões trimestrais a fim de garantir o acompanhamento das ações e traçar novos passos para o avanço do segmento.

Entre as temáticas apresentadas na 40ª reunião ordinária, o conselho deliberou sobre as principais táticas da distribuidora de gás de Alagoas para o desenvolvimento energético do Estado. A palestra, conduzida pelo diretor presidente da Algás, Arnóbio Cavalcanti, destacou a conjuntura do setor e o panorama do uso das energias no país, além das perspectivas que conduzem o Brasil para se tornar autossuficiente na produção de gás natural.

Ainda como parte da definição de melhorias para o segmento, desta vez com foco na água enquanto fonte de recurso, o supervisor de eficiência energética da Casal, Mauro Azevedo, compartilhou os cenários para eficiência e redução de despesas da companhia em Alagoas. Os parâmetros energéticos e oportunidades presentes no estado também nortearam a reunião.  

“É indispensável que consigamos entender de forma macro o panorama e a agenda da energia no estado e no país. Com isso em mente, temos mais munição para discutir ações para o crescimento da matriz energética em Alagoas, que tem um potencial imenso para se desenvolver e, inclusive, se integrar com outros setores”, salienta o secretário executivo de Gestão Interna da Sedetur e representante da presidência do conselho, Ricardo Dória.  

Novos conselheiros

Como reforço ao trabalho de monitoramento e planejamento da matriz energética do CEPE, foram nomeados cinco novos conselheiros que chegam para agregar ao atual time de gestores. Para somar nessa missão foram empossados o secretário de Infraestrutura, Maurício Quintella, a secretária de Ciência e Tecnologia, Cecília Herrmann, o secretário do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Fernando Pereira e os suplentes Adeilson Texeira, da Secti, e Alex Gama, da Semarh.