Notícia

DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E TURISMO

Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo
Segunda, 07 Maio 2018 19:48
INVESTIMENTOS

Governo do Estado assina ordem de serviço para construção do Mirante do Santo Cruzeiro no Pilar

A obra está orçada em R$ 2,3 milhões, sendo 1,8 milhão aplicados por meio da Sedetur

Atrativo turístico será construído às margens da lagoa Manguaba Atrativo turístico será construído às margens da lagoa Manguaba Ascom Sedetur
Texto de Thiago Tarelli e Vanessa Siqueira

O governador Renan Filho e o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Rafael Brito, assinam, nesta terça-feira (8), às 10h, a ordem de serviço para o início das obras de construção do Mirante do Santo Cruzeiro. A obra tem conclusão prevista para dezembro deste ano.

Depois de pronto o espaço proporcionará estrutura suficiente para geração de atividades turísticas na região, com apresentações e exposições. O local, estrategicamente escolhido, é banhado pela lagoa manguaba, com boa oferta de restaurantes e bares com pratos típicos da região, fatores que fortalecem o turismo, proporcionando infraestrutura e atrativos aos seus visitantes.

A obra está orçada em R$ 2,3 milhões, sendo 1,8 milhão por parte do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur). Já a Prefeitura Municipal de Pilar irá ceder o terreno, avaliado em R$ 300 mil, e esculturas em barro que irão ornamentar o ambiente, qualificados em R$ 230 mil.

O mirante

O Mirante do Cruzeiro recebeu esse nome depois que os jesuítas, em 1918, colocaram no local o objeto que dá nome ao mirante: o Cruzeiro. É nele que muitos religiosos pagam suas promessas. Por ter, desde sempre, um grande cunho religioso, a cidade recebe milhares de romeiros para contemplar a santa que hoje dá nome ao município: Nossa Senhora do Pilar.

Para o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Rafael Brito, a construção do mirante irá contribuir para a expansão dos atrativos turísticos do Estado.

“Nós trabalhamos para fomentar o turismo em Alagoas, além do tradicional sol e praia. Neste quesito já somos um dos mais conhecidos do Brasil, mas precisamos fortalecer atrativos mais ao interior do Estado, como é o caso do turismo religioso em Pilar. Com a construção do mirante iremos fomentar ainda mais essa atividade, fortalecendo a cadeia do turismo na região, gerando emprego e renda para a população, melhorando a qualidade de vida das pessoas por meio da atividade turística”, argumenta o secretário Rafael Brito.

Cisp

Na ocasião, também será assinada a ordem de serviço para a construção de um Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp) tipo II. A ordem de serviço para início da construção do prédio será dada pelo governador Renan Filho e pelo secretário de Estado da Segurança Pública, Lima Júnior.

Maior e com capacidade para abrigar um Batalhão da Polícia Militar e uma Delegacia Regional, o Cisp tipo II é mais um investimento do Governo do Estado na segurança dos municípios alagoanos.

Atualmente, a cidade do Pilar possui mais de 33 mil habitantes, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O município fica a cerca de 40 quilômetros da capital e faz divisa com outros sete municípios. A localização geográfica e a importância para a região foram fatores determinantes para ser escolhido para receber um Centro Integrado.

Serão gastos R$ 8.415.172,18 milhões de recursos do Tesouro Estadual para a construção do prédio, que deve ficar pronto em 180 dias.