Notícia

DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E TURISMO

Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo
Quinta, 19 Abril 2018 18:54
PRIMEIRO BIMESTRE

São Paulo é o principal mercado emissor de turistas para Alagoas

Levantamento da Sedetur aponta preferência do Destino Alagoas nas regiões Sudeste e Nordeste

São Paulo foi responsável por 41,53% do fluxo nacional de turistas São Paulo foi responsável por 41,53% do fluxo nacional de turistas Kaio Fragoso
Texto de Rhayller Peixoto

Alagoas segue como um destino atrativo nacionalmente. Dados do primeiro bimestre do ano, levantados pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur), apontam que os principais mercados emissores para o Estado durante os meses de janeiro e fevereiro foram São Paulo e Pernambuco. 

Em janeiro de 2018, São Paulo foi responsável por 19,34% do fluxo nacional de turistas, seguido por Pernambuco (13,19%) e Minas Gerais (12,98%). Já no ranking das regiões, o Sudeste aparece em primeiro com 39,64%, o Nordeste (30,30%) e o Centro-Oeste (15,63%) estão em segundo e terceiro lugar.

Enquanto em fevereiro, São Paulo liderou o ranking com 22,19% e Pernambuco em segundo lugar (12,71%). Ultrapassando Minas Gerais, a Bahia ocupa a terceira posição com 11,37% dos visitantes. Entre as regiões, o Nordeste aparece como principal emissor de turistas para o Estado, seguido do Sudeste (32%) e do Sul (14,42%). 

O crescimento aponta para o êxito das articulações da Sedetur com a promoção do destino em feiras e eventos, apresentando Alagoas e sua diversidade aos principais mercados do país. A atividade turística movimenta a economia com geração de postos de trabalho, contribuindo com a renda da população alagoana. 

O fluxo turístico regional também mostrou resultados satisfatórios. É tanto que  Pernambuco figura em segundo lugar entre os Estados que mais visitam Alagoas. Conforme o superintendente de turismo da Sedetur, Paulo Kugelmas, as iniciativas do Governo de Alagoas para melhorar as rodovias atraíram a atenção dos estados vizinhos. “Os números de Alagoas mostram que estamos tendo um crescimento no turismo regional devido à duplicação da BR-101, que facilita a chegada de novos turistas de Sergipe e Pernambuco”. 

Ainda segundo Kugelmas, a participação de Alagoas na WTM, principal feira de turismo da América Latina, possibilitou a continuidade do diálogo entre Sedetur e malha aérea. “Conseguimos ter uma agenda com as principais companhias aéreas, definindo promoções e novos voos que darão ainda mais visibilidade a Alagoas no mercado. Já temos um voo da Azul Viagens de Guarulhos para Maceió que terá as operações iniciadas em julho”.

Já para o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Rafael Brito, Alagoas segue como destino destaque no país, tal fato comprova a eficácia das estratégias adotadas para fomentar ainda mais o turismo no Estado. 

“Nos primeiros meses do ano já inauguramos mais de mil leitos só na capital, sem contar com as cidades do interior. O fato é que somos a unidade federativa que mais constrói hotéis e recentemente nos elegeram o melhor destino do Brasil com o prêmio Top Aviesp. Isso é fruto de uma articulação constante com as companhias aéreas na busca por novos voos. Além disso, os benefícios promovidos pelo Governo de Alagoas, como redução do QAV e o Prodesin têm sido excelentes diferenciais para o desenvolvimento da cadeia produtiva do turismo alagoano”, ressalta o secretário Rafael Brito.