Notícia

DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E TURISMO

Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo
Sexta, 02 Fevereiro 2018 12:21
NOVA PLATAFORMA

Estado já lidera o ranking de empreendimentos turísticos no Cadastur 3.0

Com sistema online, novo Cadastur promete aumentar número de empreendimentos legalizados em Alagoas

Alagoas foi o Estado escolhido pelo governo federal para o lançamento do novo sistema no Nordeste. Alagoas foi o Estado escolhido pelo governo federal para o lançamento do novo sistema no Nordeste. Kaio Fragoso
Texto de Thiago Tarelli

Em 2017, o número de empreendimentos vinculados ao Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos (Cadastur) em Alagoas cresceu 120%, chegando ao número de 1.182 estabelecimentos cadastrados

Esse índice promete ser ainda maior este ano com o Cadastur 3.0, nova plataforma implantada pelo Ministério do Turismo, onde o procedimento será feito inteiramente online. Alagoas foi o Estado escolhido pelo governo federal para a solenidade de lançamento desse novo sistema para todo o Nordeste.

Lançamento do Cadastur 3.0 / (Fotos: Kaio Fragoso)

O ministro do Turismo, Marx Beltrão, e o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Rafael Brito, acompanhados de representantes do trade turístico e de executivos estaduais de todo o Nordeste, lançaram a nova plataforma em Maceió, nesta quinta-feira (1º), no Centro Cultural e de Exposições, Ruth Cardoso, em Jaraguá.

Com o Cadastur 3.0 o processo de cadastro de empreendimentos será facilitado, feito totalmente online. Além disso, a plataforma irá aproximar as empresas dos turistas, uma vez que também disponibiliza a consulta por hotéis, bares, restaurantes, guias turísticos e demais agentes da cadeia produtiva. Em Alagoas, 424 guias são legalizados junto ao Ministério do Turismo (Mtur).

Lançamento do Cadastur 3.0 / (Fotos: Kaio Fragoso)

Além do reconhecimento da legalidade do empreendimento e da visibilidade, o Cadastur é pré-requisito para que as empresas voltadas ao turismo tenham acesso a financiamentos e empréstimos para expansão de seus negócios.

O presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis de Alagoas (ABIH/AL), Milton Vasconcelos, comenta que o novo Cadastur traz facilidade para todos do trade turístico e lembra que é através dele que o poder público melhor conhece a cadeia produtiva do país.

“O Cadastur traz uma facilidade para o trade turístico como um todo, não somente falando de hotel. Os empresários reclamaram da burocracia, mas, agora, o empresário não tem mais justifica do porquê não fazer parte. Isso dá uma amplitude do turismo. Nós sabemos que quando há de distribuir verbas públicas, o Ministério faz isso através dos números, e estes indicativos são os do Cadastur. Por isso é importante o empresário estar ciente disso”, ressalta Milton Vasconcelos.

O presidente da ABIH/AL ressalta ainda que a entidade prevê um crescimento dos associados também devido à nova plataforma do Cadastur. “Hoje, nós temos 62 associados. Todos estão no Cadastur; ele é um pré-requisito pra se tornar associado. Inclusive, nós não temos uma amplitude maior devido a essa exigência, principalmente nos pequenos meios de hospedagem, que encontram na burocracia uma dificuldade. A ABIH, inclusive, pode aumentar de tamanho com este processo facilitado, isso é um dos objetivos para este ano”, completa.

O presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes de Alagoas, Thiago Falcão, conta que a entidade reconhece a importância do cadastro para o desenvolvimento do turismo e dos empreendimentos. “Nos já vínhamos fazendo um trabalho forte nesse sentido, mas esbarrava na dificuldade da burocracia, devido ao envio dos documentos, mas, agora, com o portal, esse processo ficou mais fácil, simples e objetivo. É um ganho enorme pra gente. Mais empresários terão interesse em se cadastrar e, sem dúvida, iremos aumentar o número de associados cadastrados”, conta.

O secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Rafael Brito, ressalta que é por meio do Cadastur que o Estado reconhece boa parte das necessidades do turismo em Alagoas.

Lançamento do Cadastur 3.0 / (Fotos: Kaio Fragoso)

“O Cadastur 3.0 é uma ferramenta importante pra que a gente mapeie os operadores e prestadores de serviços turísticos. O Governo de Alagoas tem se destacado nesse sentido, porque temos ampliado o número de empresas cadastradas, ano após ano. De 2016 para 2017 crescemos 120% nesse índice, sendo o líder em empreendimentos cadastrados no Nordeste. Isso nos permite em ter uma visão melhor sobre o Estado, sabendo onde devemos investir recursos de capacitação, qualificação e infraestrutura. A nossa busca é sempre aumentar esse cadastro pra que eles possam também trabalhar formalizados e desenvolver ainda mais o turismo”, explica o secretário.