Notícia

DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E TURISMO

Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo
Segunda, 23 Maio 2022 11:56

Alagoas lança o maior plano de retomada da economia pós-covid

Paulo Dantas anuncia investimentos de mais de R$ 450 milhões em evento com o setor produtivo.

Alagoas lança o maior plano de retomada da economia pós-covid Fotos: Pei Fon
Texto de Fábia Assumpção/ Agência Alagoas

“Estamos aqui hoje para anunciar o maior aporte de investimentos pós-pandemia, na ordem de R$ 450 milhões, pois entendemos que a iniciativa privada tem que caminhar integrada com o serviço público na geração de oportunidades e mais emprego para o povo de Alagoas”. O anúncio foi feito pelo governador Paulo Dantas, na manhã desta sexta-feira (20), durante o lançamento do maior pacote de investimentos para a retomada da economia no Pós-Covid, que reuniu representantes dos diversos setores produtivos do Estado, em especial do turismo, no salão Linda Mascarenhas do Hotel Ritz Lagoa da Anta.

“O setor privado está confiante e acredita na postura do governo. E todos nós, juntos, vamos continuar promovendo o desenvolvimento de Alagoas”, acentuou Paulo Dantas, demonstrando sua satisfação em anunciar ao setor produtivo um aporte de investimentos que vai garantir a vinda de novos empreendimentos para o Estado. “Essa iniciativa vai gerar, aproximadamente, 30 mil novos empregos, além de incentivar e ajudar o setor de turismo, que tem um potencial gigante, fazendo com que Alagoas continue gerando empregos e mais oportunidades para a população”, destacou o governador.

De acordo com Paulo Dantas, Alagoas foi um dos primeiros estados do Brasil a estabelecer uma Parceria Público-Privada (PPP) para universalizar o acesso à água e ao saneamento. “O nosso Estado foi um dos primeiros que conseguiu, exitosamente, realizar o leilão para universalizar o serviço de água e esgoto, o que vai gerar um aporte de R$ 10 bilhões nos próximos anos”, informou. “Alagoas está preparado fiscalmente, conta com homens e mulheres sérios, e o setor privado acredita na postura do governo”, pontuou o governador, ao anunciar a instalação de um escritório de Negócios do Estado em São Paulo, no prazo máximo de 30 dias, para estar ainda mais perto de empresas que possam investir em Alagoas.

Paulo salientou que o governo estadual vem investindo em infraestrutura para estimular ainda mais o desenvolvimento do turismo, a exemplo da construção do aeroporto de Maragogi, mas investe, também, em obras importantes para atrair os turistas, como estradas, oferta de água, energia e segurança pública, fazendo que com Alagoas seja um dos estados que mais investe com recursos próprios. “Só existe desenvolvimento se houver uma segurança pública eficiente, o turista não quer vir aqui para ter problemas, e, sim, paz e tranquilidade”.

O secretário da Fazenda, George Santoro, ressaltou a importância da assinatura dos decretos que possibilitam incentivos fiscais para atrair novas empresas (Prodesin) e para possibilitar a negociação de débitos tributários daquelas que sofreram economicamente no período da pandemia (Profis).

“O Estado vai dar um instrumento, o Programa de Recuperação Fiscal (Profis), para que as empresas que sofreram com perdas econômicas durante a pandemia possam pagar seus tributos com redução de débitos”. Além disso, foi anunciado um pacote de incentivos fiscais por meio do Prodesin (Programa de Desenvolvimento Integrado), para instalação de mais 10 empresas no Estado, que vão gerar mais emprego, mais renda.

A secretária de Desenvolvimento Econômico e do Turismo, Caroline Balbino, afirmou que o plano representa um novo marco na retomada da economia do pós-Covid e a continuidade do plano de crescimento do governo. “Vários incentivos fiscais estão sendo anunciados, bem como medidas para geração de novos empregos. É um marco da continuidade de um ciclo de prosperidade”.

Caroline antecipou que, em junho, Maceió vai sediar a convenção da CVC, a última foi realizada em Dubai. “Todos os maiores donos de loja CVC virão ao Estado para reconhecer o que todos nós sabemos: que Alagoas é um paraíso; que é um estado de muita projeção turística”.

A secretária acrescentou que, não só aqui, mas, internacionalmente, a economia sofreu com a pandemia. “Esse plano de retomada do setor foi feito com base em estudos técnicos, juntamente com várias secretarias, para que possamos minimizar os impactos da doença”, explicou. “Alagoas possui hoje uma estrutura muito boa, mas isso não nos basta. A gente tem que estar em constante melhoramento. E é esse compromisso do governador Paulo Dantas”.

Universalização do Saneamento


Durante o evento no hotel Ritz foi apresentado também o plano de investimentos para a universalização do saneamento básico e abastecimento d'água em Alagoas. Representantes das empresas Sanama, BRK, Sanema, Verde Alagoas e Águas do Sertão fizeram apresentações dos investimentos que serão aplicados em obras, em diversas regiões do Estado. De acordo com Herbert Dantas, da BRK, a empresa está investindo cerca de R$ 2,6 bilhões em saneamento e, até 2029, 90% das cidades alagoanas terão tratamento de esgoto.

O governador Paulo Dantas lembrou que 28 municípios ainda não aderiram às Parcerias Público-Privadas para oferta de água e saneamento, mas ele fará uma reunião com os prefeitos para conscientizá-los da importância dessa adesão. “Nosso objetivo maior é promover a universalização do acesso à água, independente da bandeira partidária dos municípios”, afirmou. Maceió deverá ser a primeira capital do país a ter 80% de sua população com acesso à rede de saneamento.

Reconhecida como uma das maiores concessões de serviço público do país no ano de 2021, a operação de saneamento básico em Alagoas tem parceria com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), beneficiando 80% da população. O processo faz parte do projeto do governo de Alagoas para promover a universalização do acesso à água potável e ao esgotamento sanitário a 90% até 2033.

A BRK já assumiu os serviços e apresentará o plano de investimentos já aprovado pela Casal, pela Agência Reguladora dos Serviços Públicos de Alagoas (Arsal) e pelo Governo do Estado. Na oportunidade, as concessionárias também apresentarão um plano de investimentos que começará a ser executado ainda em 2022.

Marco

No lançamento do Plano de Retomada da Economia, também foi feita a entrega do marco comemorativo pela conquista de mais de 1,3 bilhão de documentos fiscais eletrônicos emitidos nos últimos 7 anos a empresários e entidades de diversos setores econômicos de Alagoas.