Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

banner-turismo-alagoas.jpg

inpi.jpg

beal-2015.png

logo portlet.jpg

 
» Página Inicial Conhecendo Alagoas Regiões LAGOAS E MARES DO SUL

LAGOAS E MARES DO SUL

O litoral sul de Alagoas é conhecido como Região das Lagoas e Mares do Sul. A natureza não mediu esforços quando privilegiou esta parte de Alagoas. São vastos coqueirais, praias paradisíacas, lagoas e rios que se encontram com o mar numa imagem de pura magia.

Além da natureza exuberante, a história e a cultura são marcantes no patrimônio histórico, nas tradições populares, na musicalidade, no artesanato e na gastronomia feita de ingredientes extraídos das águas desse espaço tão rico de variedades.

 

PILAR

Cidade de Pilar

Distante 42 km de Maceió, a cidade de Pilar surgiu no século 19, proveniente de um engenho de cana-de-açúcar. 

A cidade recebeu, em 1860, a visita de D. Pedro II, e ainda existem alguns exemplares de casario dessa época do Brasil colonial. 

O maior atrativo de Pilar é sua beleza natural. A cidade, localizada às margens da Lagoa Manguaba, é cercada por resquícios de mata atlântica, várias fazendas com reservas ecológicas e fontes de água mineral.

A população é de aproximadamente 32 mil habitantes. Pilar é uma cidade festiva, e no seu calendário de eventos se destacam o festival do Bagre, do Siri e a Festa da Padroeira Nossa Senhora do Pilar, que atraem muitos visitantes.

MARECHAL DEODORO

Marechal Deodoro


Marechal Deodoro fica a 30 km de Maceió. A população é de aproximadamente 45 mil habitantes.

A cidade foi a primeira Capital de Alagoas, e seu nome é em homenagem ao filho ilustre que Proclamou a Republica do Brasil.

A cidade tem um belo acervo arquitetônico encontrados no museu e igrejas datadas nos séculos 16,17 e 18.

Marechal Deodoro tem um potencial natural invejável: a Lagoa Manguaba entre ilhas e canais, que  se encontram com a Lagoa Mundaú e formam o maior complexo lagunar do País,  abrigando muitas ilhas, sendo a mais importante à  de de Santa Rita,  a maior ilha lacustre do País. 

 A praia do Francês é um cartão-postal, com sua grandiosa estrutura de restaurantes e pousadas para receber visitantes de todos os lugares.

 O folclore e a musicalidade são uma atração à parte.  O diversificado artesanato, conhecido pela beleza e criatividade,  é exportado para todo o Brasil. 

Os sabores da gastronomia são incomparáveis; atendem a qualquer paladar. Às margens da Lagoa Mundaú fica Massagueira o maior Pólo gastronômico do Nordeste.

BARRA DE SÂO MIGUEL

Barra de São Miguel - AL

Distante 33 km de Maceió, tem uma população de aproximadamente 09 mil habitantes. A cidade dispõe de excelentes meios de hospedagem, restaurantes e outros entretenimentos. O local é ideal para o lazer e descanso.

Os maiores atrativos da Barra de São Miguel são as lindas praias, destacando-se às das Conchas, Niquim e do Meio, onde o mar é cortado por um paredão de recifes, ideal para refrescantes mergulhos nas tranqüilas as águas cristalinas. 
Observando o horizonte fica-se impressionado com o azul intenso do mar que se confunde com azul do céu – um cenário concebido pelo Criador. 

Os rios Niquim e São Miguel são ricos em manguezais, e a lagoa mostra a exuberância do ecossistema.  O encontro do rio, lagoa e mar, pode ser visto do Mirante Alto de Santana. O panorama é maravilhoso: o intenso azul do oceano, ornamentado por coqueirais. 

Vários barcos deslizam nas águas até chegar ao destino mais procurado, a praia do Gunga, emoldurada por coqueiros a perder de vista. A praia fica localizada no encontro da Lagoa do Roteiro com o mar, um recanto paradisíaco que não existe igual.

ROTEIRO
Roteiro fica a 49 km de Maceió, sua população é de aproximadamente 8 mil habitantes. Seus primeiros habitantes foram os índios Caetés, por volta de 1853. O povoado iniciou-se em 1900 devido a construção da primeira capela, em homenagem a Nossa Senhora do Livramento. Em 1963 o povoado passou a ser cidade.
 
Roteiro tem uma das maiores atrações turísticas de Alagoas e é conhecida internacionalmente por ser uma das praias mais bonitas do Brasil: A praia do Gunga, uma ponta de areia branca, repleta de coqueiros, avança mar adentro e une as águas do Oceano Atlântico com o rio São Miguel. Lugar de extrema beleza apropriado para o lazer e a prática de modalidades náuticas.
 
Do mirante se tem uma bela visão da praia do Gunga e das praias da Barra.
 
JEQUIÁ  DA  PRAIA

Praia de Jequiá da Praia

Distante 65 km de Maceió, com uma população é de 15 mil habitantes,  o nome Jequiá da Praia vem de origem indigna que significa “cesto com muitos peixes”.

Jequiá da Praia é um recanto ecológico que, até 1998, pertenceu ao Município de São Miguel dos Campos.

O município é dotado de um grande ecossistema de flora e fauna preservadas, complexo lacustre formado por 03 rios e 07 lagoas - destaque  para as lagoas Azeda, Jacarecica e Jequiá – terceira maior do Brasil,  além de várias praias exóticas como Jacarecica do Sul e Barra de Jequiá, que completam o cenário criado pela natureza. 

Possui estrutura turística com pousada, restaurante, complexo de lazer construído no meio das belezas naturais, preservando a vegetação local e dando oportunidade do visitante conviver com animais silvestres. 


CORURIPE

Pontal do Coruripe

Distante 90 km de Maceió e com uma população de 50 mil habitantes,  o nome da cidade vem de  origem indígina que significa “no rio dos sapos”.

No inicio da colonização, a área era habitada pelos índios Caetés. O município começou a se desenvolver por volta do século 19. Antes, sofreu influências culturais dos portugueses e holandeses, fatos que marcaram a história do município.

A Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição, do século 18,  tem um estilo neoclássico. As imagens de São Sebastião, São José, Santo Antonio, Nosso Senhor Glorioso e a Nossa Senhora da Conceição fazem parte do acervo do templo religioso.

Alugar um cavalo e sair cavalgando pelos caminhos dos coqueirais é ter oportunidade de descobrir paisagens que parece só existir nos sonhos. 

A natureza caprichou em Coruripe. O mar exuberante e coqueiros em profusão realçam o lugar. O município tem belas praias, destacando-se Lagoa do Pau, Miaí de Cima, Miaí de Baixo. Cada qual se destaca pela singularidade de suas belezas como é o caso do Pontal de Coruripe, que tem sua marca resistrada desde 1948, quando se construiu um farol para orientar as embarcações. O Pontal é um povoado de pescadores que se transformou num atraente destino  turístico. 

Dispõe de confortáveis pousadas e toda estrutura necessária para o lazer. O artesanato é um atrativo. As mulheres dos pescadores passam o dia fazendo cestinhas, porta-jóias, bolsas, chapéus com a palha de ouricuri, uma espécie de palmeira que existe na região. 

FELIZ DESERTO

Feliz Deserto

Distante 118 km de Maceió, conta com uma população de 4 mil habitantes.

Existe uma lenda que justifica a origem do nome da cidade. Conta-se que o Sr. Domingos, depois do sobreviver ao naufrágio, encontrou uma imagem de N. S. Mãe dos Homens debaixo de um frondoso cajueiro.  O Sr. Domingos ficou deslumbrado ao encontrar tal imagem em um local tão deserto.

Originalmente, as terras de Feliz Deserto foram ocupadas por índios Caetés, que habitavam o local.  O povoado torne-se cidade em 1960 - antes fazia parte do município de Piaçabuçu.

Feliz Deserto tem recantos onde a natureza revela seu esplendor, como, por exemplo, a praia do Maçunim. O artesanato, feito da palha de taboa, é conhecido nacionalmente pela beleza e criatividade.
Ações do documento

banner_lai+sic_LATERAL-A-PLONE3.jpg
banner_lai+sic_LATERAL-B-PLONE3.jpg

banner_GERAL_LATERAL_sic-plone3.jpg

cadastur.jpg

cotacao_do_dolar.jpg

tabua_das_mares.jpg

balneabilidade.jpg



Opiniões sobre Hotéis em Alagoas para suas ferias em Alagoas