Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

banner-turismo-alagoas.jpg

inpi.jpg

beal-2015.png

logo portlet.jpg

 

Melhor Idade

Casal na orla

Conhecer Alagoas é contemplar a natureza, admirar o verde dos coqueiros e das matas, o azul do céu e do mar, o dourado do pôr-do-sol que faz o visitante suspirar.

O estado é o destino ideal para quem procura harmonia e quer viver sua melhor idade. Admirar as belíssimas praias de águas tranquilas e cristalinas, mergulhar nas piscinas naturais formadas por recifes de corais, passear de barco no complexo lagunar dotado de ilhas e mangues, assistir ao encontro das águas da lagoa com o mar, é momento para relaxar.

Alagoas tem muitas histórias para contar e a melhor idade tem tempo para contemplar. Visitar as cidades históricas de Marechal Deodoro, Penedo e Piranhas e conhecer os museus, igrejas; conviver com a hospitalidade do alagoano, degustar os sabores da diversificada gastronomia, admirar o artesanato, sentir a tranquilidade de cada lugar e descobrir que tudo é convidativo para aqueles que só querem aproveitar, da melhor forma, a sua melhor idade.

 

DICAS:

  •  
  • Embarcar numa jangada à vela e conhecer as piscinas naturais de Pajuçara, um aquário natural formado pelos recifes de corais, com águas cristalinas e peixinhos que encantam os visitantes;
  • Caminhar pelo calçadão da orla de Maceió; parar e tomar uma aguarde- coco. Observar o artesanato encontrado pelo caminho, ouvir o som do mar enquanto degusta uma tapioca. São tantas belezas a serem contempladas que não se percebe o tempo passar;
  • Conhecer o bairro de Jaraguá e, em cada visita a um dos suntuosos prédios, ter a sensação de voltar ao passado. Foi lá que Maceió começou a se desenvolver no século 18;
  • Conhecer o Pontal da Barra, bairro bucólico à margem da Lagoa Mundaú, que se destaca pelo artesanato confeccionado pelas rendeiras habitantes do lugar, que tecem o filé, renda típica de Alagoas;

Melhor idade filé

  • Navegar no complexo lagunar Mundaú-Manguaba entre ilhas e canais; assistir ao encontro das águas com o mar e se emocionar quando o sol se põe no horizonte dando espaço para lua chegar;
  • Degustar a culinária alagoana em Massagueira, maior pólo gastronômico do Nordeste, com muitas opções: frutos do mar e da lagoa. Aproveitar para adoçar o momento e provar das cocadas e suspiros comercializados no lugar;
  • Conhecer a primeira capital de Alagoas, Marechal Deodoro; visitar suas igrejas, conventos e museus. Cidade à margem da Lagoa Manguaba, com rico patrimônio natural e cultural;
  • Embarcar numa escuna, no município da Barra de São Miguel, passear pela lagoa do Roteiro, contemplar seu encontro com o mar em uma das mais belas praias do Brasil, chamada Gunga;
  • Visitar o Pontal de Coruripe e, junto aos artesãos, manusear as palhas de ouricuri, um tipo de palmeira que serve de matéria-prima para confeccionar cestas, bolsas, chapéus etc;
  • Conhecer a cidade histórica de Penedo, cidade que tem como pano de fundo o majestoso rio São Francisco. O acervo histórico é um relicário vivo - patrimônio artístico e cultural de grande valor;
  • Passear de barco e mergulhar nas piscinas naturais de Paripueira e praticar aulas de hidroginástica ministrada por um profissional;
  • Visitar Maragogi, cidade encantadora com belos hotéis, resorts e pousadas. Muitos são os atrativos do lugar: piscinas naturais conhecidas por galés, que impressionam pela biodiversidade marinha. Outro atrativo é o sequilho - broa de goma - feito artesanalmente e comercializado no povoado de São Bento.
  •  
Ações do documento

banner_lai+sic_LATERAL-A-PLONE3.jpg
banner_lai+sic_LATERAL-B-PLONE3.jpg

banner_GERAL_LATERAL_sic-plone3.jpg

cadastur.jpg

cotacao_do_dolar.jpg

tabua_das_mares.jpg

balneabilidade.jpg



Opiniões sobre Hotéis em Alagoas para suas ferias em Alagoas